Glossário


A Concórdia disponibiliza para você um guia completo sobre o mercado de ações. Clique nos temas abaixo e confira.

Derivativos
Ativos financeiros operados com datas futuras e tendo por base expectativas. Os valores e características de negociação estão amarrados aos ativos que lhes servem de referência no mercado à vista.
Clube de Investimento
Grupo de pessoas físicas que aplica recursos em uma carteira diversificada de ações, administrada por uma instituição financeira autorizada.
Ações de primeira linha
Ações com grande liquidez e procura no mercado de ações.
Blue Chip
Ações de empresas tradicionais e de grande porte, com grande liquidez e procura no mercado de ações.
C-Bond
Título de dívida externa do governo brasileiro.
Debênture
Título de dívida de longo prazo emitido por uma empresa. Pode ou não se convertido em ações.
Mercado Primário
As empresas recorrem ao mercado primário para completar os recursos de que necessitam, visando o financiamento de seus projetos de expansão ou seu emprego em outras atividades. A empresa emite ações e vende aos investidores
BM&F - Bolsa de Mercadorias e Futuros

Antiga Bolsa onde eram negociados contratos futuros e derivativos de juros, câmbio e mercadorias.

Opções
Contratos que dão aos investidores o direito de comprar ou vender determinado ativo numa data específica, a um preço preestabelecido.
Margem
Montante fixado pelas bolsas de valores ou caixas de registro e liquidação a ser depositado em dinheiro, títulos ou valores mobiliários pelo cliente que efetua uma compra ou uma venda a termo ou a futuro, ou um lançamento a descoberto de opções.
Mercado à Vista
Principal mercado da Bolsa. O vendedor entrega as ações ao comprador no segundo dia útil após a realização do negócio em pregão, e o pagamento da ação pelo comprador, ocorre no terceiro dia útil após a negociação.
Taxa de Custódia
Taxa cobrada pela corretora pela manutenção das ações de seus clientes sob sua responsabilidade.
Home Broker
Canal de relacionamento entre os investidores e as corretoras, que permite o envio de ordens de compra e venda de ações pela Internet e possibilitando acesso às cotações e acompanhamento de carteiras de ações, entre vários outros recursos.
Performance
Desempenho
Ação
Ação é um pedaço de uma empresa. Sendo mais formal, podemos definir ações como títulos nominativos negociáveis que representam, para quem as possui, uma fração do capital social de uma empresa.
Mercado Secundário
Mercado no qual ocorre a negociação dos títulos adquiridos no mercado primário, proporcionando a liquidez necessária. Investidores vendem ações a investidores
Cota
Parte do patrimônio de um fundo de investimento.
Alavancagem

Nível de utilização de recursos de terceiros para aumentar as possibilidades de lucro, aumentando conseqüente, o grau de risco

da operação.

Ibovespa - Índice Bovespa
Mede a lucratividade de uma carteira teórica das ações mais negociadas na Bovespa. Cada ação integrante da carteira recebe um peso que varia de acordo com sua liquidez. Freqüentemente a composição e os pesos são alterados para melhor representar o mercado de ações.
Fundo de Investimento
São condomínios que reúnem vários investidores que juntam seus recursos para aplicar em ativos como ações, CDBs, etc.
CPMF
Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira. Imposto cobrado sobre movimentações financeiras hoje inativo.
Rating
É a nota dada por uma empresa especializada para classificar o risco de crédito de um país, banco ou empresa.
Companhia Aberta
Toda empresa cuja ação é comercializada em bolsa de valores. Também chamadas empresas de capital aberto.
VAR - Value at Risk
Modelo estatístico que prevê a perda máxima de uma carteira, com 95% de probabilidade de acerto, quando as condições de mercado são desfavoráveis às aplicações dos investidores.
CDB - Certificado de Depósito Bancário
Título emitido por um banco, é vendido ao cliente como uma opção de investimento que prevê o pagamento de juros.
Nota de Corretagem
Documento que a corretora apresenta ao seu cliente, registrando a operação realizada, com indicação da espécie, quantidade de títulos, preço, data do pregão, valor da negociação, da corretagem cobrada e dos emolumentos devidos.
Mercado a termo
Mercado que negocia contratos entre duas partes que concordam em negociar um ativo, no futuro, a um preço determinado. Em geral, a liquidação financeira é adiada num prazo de 30, 60 ou 90 dias.
Oferta Pública
Colocação de ações ao público em geral.
Bovespa - Bolsa de Valores de São Paulo

Antiga Bolsa onde eram negociadas as ações das companhias abertas.

BMFBOVESPA - Bolsa de Valores Mercadorias e Futuro
Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros: União da BM&F com a Bovespa a partir de 2008, é a principal instituição brasileira de intermediação para operações do mercado de capitais e a única bolsa de valores, mercadorias e futuros em operação no Brasil.
CDI - Certificado de Depósito Interbancário
Título virtual, negociado exclusivamente entre bancos por meio eletrônico, representa o custo que o banco tem para captar dinheiro, para fazer um empréstimo em outro banco.
Rentabilidade
Medida de ganho financeiro nominal sobre o total do investimento, expressa em termos percentuais.
Carteira

Conjunto de ativos que formam todas as aplicações de um investidor, seja pessoa física, jurídica ou fundo de investimento.

Corretagem
Taxa de remuneração de um intermediário financeiro na compra ou venda de títulos.
Hedge
Operação financeira utilizada como proteção contra a oscilação de preços no mercado.
FIF
Fundo de Investimento Financeiro
Lote Padrão
Lote de títulos de características idênticas e em quantidade prefixada pelas bolsas de valores.
Portfólio
É um conjunto de títulos e valores mantido por um fundo ou por um investidor.
IGPM - Índice Geral de Preços do Mercado
Índice que mede a variação de preços no mercado de atacado, de consumo e construção civil.
Dividendo
É a parcela do lucro da empresa que é distribuída aos acionistas.
Taxa Pré-fixada

Taxa previamente acordada entre emissor e comprador de um título.

Pregão

Sessão durante a qual se negociam as ações pelo sistema de negociação eletrônica (pregão eletrônico).

Swap
Termo em inglês para “troca”. No mercado de derivativos, designa um acordo, entre duas partes, de troca de ativos (moedas, taxas de juro, etc).
Ação Ordinária (ON)
Ação que proporciona participação nos resultados econômicos de uma empresa e confere o direito de voto em assembléia.
Sociedade Anônima
Empresa que tem o capital dividido em ações.
Ações de segunda linha
Ações com baixa liquidez.
Pontos do Ibovespa
Os pontos do pregão representam o somatório da média de desempenho dos papéis do Índice Bovespa em um dia.
Taxa de Perfomance
Taxa cobrada por alguns fundos de investimentos, serve como remuneração para os administradores dos fundos.
Mercado de Opções
Os investidores negociam títulos com o direito de comprar ou vender determinada ação por preços preestabelecidos. A liquidação das operações é feita numa data predeterminada, a data do vencimento das opções.
FIC - Fundo de Investimento em Cotas

Fundo que aplica os recursos de sua carteira em cotas de outros fundos.

Taxa de Administração
Taxa cobrada pela instituição financeira para a administração de um fundo de investimento.
Benchmark
Índice que servirá como parâmetro para comparação de investimentos.
Taxa Pós-fixada
Taxa de juro que é conhecida apenas no vencimento do título.
Lote Fracionário
Quantidade de ações inferior ao lote-padrão.
Copom
Comitê de Política Monetária - órgão governamental encarregado de formular a política monetária do Brasil.
Renda Fixa
Tipo de aplicação em títulos emitidos pelo governo ou por uma empresa, com direito a recebimento de juros.
Renda Variável
Uma aplicação é considerada renda variável quando o retorno ou rendimento desta aplicação é pouco previsível pois está sujeita a grandes variações de acordo com o mercado, é um investimento com fluxo de caixa incerto.
IPO - Termo em inglês para oferta inicial de ações
Operação feita para a emissão primária de ações por uma empresa.
Administrador de Fundos
É a instituição que se responsabiliza por criar o regulamento do fundo e constitui equipes especializadas em compra e venda de papéis no mercado financeiro.
CVM - Comissão de Valores Mobiliários
Órgão federal que disciplina e fiscaliza o mercado de valores mobiliários.
IOF - Imposto sobre Operações Financeiras

Incide sobre o ganho da aplicação de fundos de renda fixa e multimercados com liquidez diária de acordo com uma tabela regressiva, até o 29º dia da aplicação, estando isentos a partir do 30º dia.

Ação Preferencial (PN)
Ação que garante ao proprietário prioridade no recebimento de dividendos, mas não concede direito a voto em assembléia.
Volatilidade
Medida de avaliação de risco que considera as oscilações de rentabilidade de uma aplicação.